Utilidade Publica

Placas Mercosul: Duvidas, Historia e Valor

A História das Placas Mercosul

Hoje nesse artigo vamos falar de um assunto muito novo, e que causa muitas duvidas nas pessoas, as Placas Mercosul. As placas de identificação de veículos no MERCOSUL é um sistema em implantação nos países membros do Mercado Comum do Sul, bloco regional e da organização intergovernamental que foi fundado em 1991. Em 15 de dezembro de 2010, em Foz do Iguaçu no Paraná, estado do Brasil, foi realizado um encontro que aprovou a resolução para unir os modelos de placas, dos quatro países pertencentes ao bloco Mercosul, ou seja, Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

O planejamento inicial previa a implantação das placas mercosul em até 10 anos, inicialmente a partir de 2016 para veículos de carga e de passageiros que ultrapassarem as fronteiras..

Placa Mercosul

Em 8 de outubro de 2014, um novo encontro foi realizado em Buenos Aires, na Argentina , mas desta vez com 5 países, pois além dos 4 fundadores no grupo, a Venezuela também se juntou.Nesse encontro foi apresentado o modelo das placas mercosul, com implantação prevista para 2016.Mas elas começaram a entrar em vigor no dia 31 de janeiro de 2020.

A previsão é de que essa medida atingirá uma frota de aproximadamente 110 milhões de veículos nos cinco países do bloco, as placas mercosul tem como objetivo facilitar a circulação a circulação e a segurança viária entre os cinco países pertencentes ao bloco, assim como assegurar a existência de um banco de dados.

O desenho básico das placas mercosul, foi criado po um argentino, chamado de Nelson Sarmiento.No inicio era pra ser uma base alfanumérica única para todos os países do bloco, porém cada país optou por um formato próprio, de modo a garantir o controle sobre sua própria base de cadastro de veículos.

Haverá muitas mudanças nas placas mercosul, assim como o seu padrão, o fundo será sempre branco, nelas somente a borda e as letras vão mudar sua coloração, ou seja, na maioria das placas a cor que era no fundo das placas vai migrar para as letras.Um exemplo são os veiculos de teste a borda e os caracteres serão verdes, enquanto ônibus, caminhões e táxis usarão o vermelho.

O que causou muitas críticas a nova placa mercosul, foi a troca integral da placa ao mudar de município de registro do veículo.No sistema de antes,era possível apenas trocar a tarjeta com a informação de inscrição do Estado e da cidade, e na placa mercosul, essa informações estão impressas na mesma chapa.

Por conta disso, a mudança de cidade, implicaria em mudanças no QR Code exclusivo que fica gravado no canto inferior da placa mercosul, o que exige a sua atualização.Esses problemas fizeram com que o Contran voltasse atrás e eliminasse os brasões do Estado e município.

Na primeira vez que a placa foi revelada, passou a impressão dela ser mais larga do que a atual, pois ela era muito similar com as placas da União Europeia, essas sim são bem largas, com 52 cm.Porém as placas mercosul tem as mesma dimensões da atual, 40 cm de largura por 13 cm de altura.Ainda assim, o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), autorizou a redução de 15% no tamanho da placa, para ela encaixar no receptáculo do veículo, mas atenção o QR Code e a bandeira do Brasil sejam preservadas.

Duvidas Placas MERCOSUL

Agora vamos esclarecer algumas dúvidas das placas MERCOSUL, como: valores, se ela vai ser obrigatória, que precisará colocar o novo padrão, onde comprar a nova placa, qual a utilidade do QR Code, qual a segurança que a nova placa nos traz e como ela é nos outros países pertencentes ao bloco,vamos esclarecer também alguns mitos e verdades da placas mercosul.Esperamos que nosso post ajude você amigo leitor e que ele de algumas informações desconhecidas por você.

É obrigatório colocar a placa mercosul?

Atualmente há somente um grupo de veículos que deverão adotar a nova placa. Que são esses: Carros novos, veículos que passaram por mudança de município, veículos que trocar de categoria (um táxi que passou a ser carro de passeio), veículos que não foram aprovados na vistoria pois sua placa está danificada ou ilegível, placas furtadas.Então se seu veículo se enquadra nesse grupo, você deverá colocar a placa mercosul.

Carros novos Precisa da Nova Placa de Identificação veicular

Todos os veículos novos, ou seja, 0 km, que vão precisar fazer o primeiro emplacamento, todos os Detrans devem emplacar com o novo padrão, isto é, colocar as placas mercosul;

Quando Mudo de município Preciso colocar a nova Placa:

Na legislação atual, está prevista a troca da placa antiga pela placa mercosul, quando o proprietário do veículo mudar de estado ou município.Como explicado acima, na placa mercosul há um QR Code com as informações de localização e não uma tarjeta que nem na placa anterior;

Troca de categoria: Quando o veículo precisa mudar de categoria, como virar um carro de aluguel, oficial ou particular, é exigido que seja trocada a placa para a nova placa mercosul;

Placas danificadas: Se por acaso a placa de seu automóvel se danificar, quebrar, deteriorar ou se apagar com o tempo, a troca pelo novo padrão será necessária;

Placas furtadas: Muito comum hoje em dia, o furto de placas de automóveis, obriga os proprietários a colocar o novo padrão de placas;

Troca voluntária: Quem quiser colocar a placa mercosul voluntariamente, também pode, caso o Estado onde esteja registrado o veículo já tenha adotado o novo sistema.Quem não se enquadrar nos quesitos acima não precisará trocar as placas.O Denatran, espera que toda a frota circulante do país receba a nova placa nos próximos anos.

Rompimento do lacre: Se o lacre da antiga placa cinza se romper, ela entrará para o grupo de placas danificadas, ou seja, será necessário trocar para o novo padrão de placas, informou o Detran.

No entanto, como esse novo sistema possui uma sequência de letras e números diferente, é muito provável que no futuro o governo opte pela obrigatoriedade, para que todos os carros restantes troquem suas placas, para completar e padronizar a frota até 2023.

Onde comprar a placa mercosul?

Elas devem ser vendidas diretamente para o consumidor pelas estampadoras, ou seja, sem o intermédio do Detran,como acontecia antes da vinda do novo padrão.A função do Detran vai ser informar ao proprietário do veículo, quais são as empresas credenciadas.

O Detran ficará responsável apenas por fazer o registro do veículo e a emissão dos documentos.Ai é que vem a parte do proprietário, pois com os documentos em mãos ele fica responsável por procurar uma estampadora que seja de sua preferência.

Qual o valor da placa mercosul?

Para adquirir o novo padrão de placas, a pergunta que não quer calar é, qual o valor das placas mercosul? Bom ainda não existe um preço padrão para as novas placas, ou seja, essa parte fica a critério do estampador, pois ele podem cobrar valores diferentes, cabe ao consumidor pesquisar os melhores preços.A única coisa que o Detran pode fazer, é determinar um valor máximo a ser colocados pelas empresas em sua placas mercosul.

Em São Paulo por exemplo, a placa mercosul possui um teto de R$ 138,24, e continua com o mesmo valor da placa antiga.O governo federal falou que as placas mercosul, devem ter custo parecido com o das placas cinzas, e que dependendo do caso, quem sabe até mais baratas.No entanto, nos estados e no Distrito Federal, com base em informações dos Detrans, informa que não há um consenso sobre baratear os valores em relação ao modelo antigo, dependendo do local.Entre todos os estados, o Amapá foi o que informou o valor mais alto  pelas placas mercosul que é de R$ 500.

QR Code da placa mercosul como funciona

O QR Code é um código que tem no canto superior da sua placa mercosul, e que pode ser lido através da câmera de seu smartphone.Ele é muito importante e serve para dar informações adicionais sobre o seu veículo, e ajuda no rastreamento dele também.

Com esse código, as autoridades de trânsito podem acessar instantaneamente os dados do seu veículo e verificar se há alguma clonagem. O cidadão também poderá realizar a leitura do QR code , mas para isso será preciso fazer um cadastro no site do Departamento Nacional de Trânsito para ver as informações.

As placas Mercosul ficaram mais seguras?

Houve várias mudanças no seu projeto inicial, que foi anunciado a 9 anos, a nova placa mercosul recebeu muitas críticas de vários fabricantes e Detrans.Foram muitas alterações, o que poderia ter deixado o modelo empregado desconfigurado e menos seguro do que na composição original.

O governo nega as informações de que a nova placa mercosul tenha ficado menos segura e diz que algumas alterações foram feitas para deixar o novo padrão mais barato, pois inicialmente sem nenhuma das alterações feitas pelo governo a placa se tornava muito mais cara para o consumidor.

Como é a placa mercosul nos outros países

Apesar de ser conhecida como placa mercosul, o modelo aqui do Brasil é muito diferente dos padrões adotados pela Argentina, Uruguai e Paraguai.Nas placas paraguaias aparece o código QR, além de um holograma, que não são vistos nas versões argentinas e uruguaias.

As ondas sinusoidais, que não existem na versão brasileira, aparecem em posições opostas nas placas dos outros países, sendo mais visíveis nas do Paraguai.O efeito difrativo (aquele que dá um reflexo colorido) em cima dos números e letras é usado no Uruguai e no Paraguai.

Mitos e verdades sobre as placas mercosul

1-todos os carros tem que colocar a placa mercosul?: Mito.A resolução 780/19 do Contran, determina que o novo padrão de identificação é obrigatória apenas para carros novos ou nos casos de transferência de propriedade ou de município ou estado.Outros casos em que a troca da placa cinza pela placa mercosul são os casos de perda, furto ou danos na chapa, ou na necessidade de instalação de uma chapa adicional na traseira do veículo.

2-Não será preciso trocar a placa mercosul por uma nova ao comprar um carro usado?: Verdade.Na nova placa mercosul não tem sinalização de estado ou município em seu padrão mais recente.Por isso não será necessário mudar a chapa no caso de compra de um carro usado que ja tenha a identificação no novo padrão.As alterações no registro do veículos, são feitas somente nos bancos de dados dos Detrans, e podem ser checadas através do QR code que tem na placa.Para trocar a placa mercosul por uma nova só será possível em caso de danos.

3-Não será mais possível identificar veículos de coleção: Mito. Hoje em dia não existem mais as placas pretas no novo padrão, e os carros de coleção serão identificados pelos caracteres na cor cinza na placa mercosul.As outras cores disponiveis para as placas mercosul são, preta (carros particulares), vermelhas (veículos de aluguel) azul (veículos oficiais), dourada (veículos diplomáticos) e verde (placas de teste de fabricantes em outras empresas do segmento).

4-A combinação de letras e números é escolhida pelo consumidor:  Verdade.No novo sistema, o consumidor recebe uma lista de placas que poderá colocar em seu veículo.O cliente pode sim escolher qual a sequência que será estampada em seu carro ou moto, e o melhor sem precisar pagar mais nada por isso.

5-É possível emplacar o carro sem sair de casa: Verdade. Nesse padrão novo o dono recebe uma autorização para estampagem da placa e fica livre para escolher o fornecedor que achar meu propício.Atualmente no mercado existem empresas que fazem a estampagem que oferecem serviços de agendamento para colocação de placas mercosul em sua casa ou onde o consumidor achar mais conveniente.

Para Termina

Hoje neste artigo trouxemos um assunto muito interessante que é sobre as placas mercosul.Mostramos que elas vinham sendo projetadas desde o ano de 2010, depois dos quatro países do bloco se reunirem em Foz do Iguaçu no Parana.No post acima mencionamos que as placas mercosul, serão obrigatórias apenas para um determinado grupo de veículo, ou seja, esses veículos são, Carros novos, veículos que passaram por mudança de município, veículos que trocar de categoria (um táxi que passou a ser carro de passeio), veículos que não foram aprovados na vistoria pois sua placa está danificada ou ilegível, placas furtadas.Então se seu veículo se enquadra nesse grupo, você deverá colocar a placa mercosul.

Foi mencionado no artigo que os valores serão decididos pelas empresas fabricantes da placa, e caberá ao proprietário do veículo pesquisar onde o valor estará melhor.A única coisa em que o Detran pode resolver essa questão, foi colocar um teto de R $138,24. Para que você amigo consumidor que se enquadre nos requisitos de troca de placas não gaste muito.

O QR code colocado na placa, é muito importante. Sua função é servir para dar informações adicionais sobre o seu veículo, e ajuda no rastreamento dele também. Com esse código, as autoridades de trânsito podem acessar instantaneamente os dados do seu veículo e verificar se há alguma clonagem. E para você conseguir ler o código será necessário se cadastrar no site do Departamento Nacional de Trânsito.

.As outras cores disponíveis para as placas Mercosul são, preta (carros particulares), vermelhas (veículos de aluguel) azul (veículos oficiais), dourada (veículos diplomáticos) e verde (placas de teste de fabricantes em outras empresas do segmento).E a melhor parte, você poderá escolher a combinação de letras e números de sua placa mercosul sem pagar nada a mais por isso.

Esperamos que o nosso artigo tenha esclarecido suas dúvidas, e ajudado você amigo leitor a conhecer um pouco mais sobre as placas mercosul.

Manoel

Sou a mudança, a adaptação, a busca e a energia de transformar. Sou tudo e nada ao mesmo tempo. Sou introvertida e extrovertida ao mesmo tempo.

Sou nômade de mim mesma e tenho mais experiências marcantes que anos de vida. Mudei tanto desde que nasci que eu não sei dizer quem eu sou. Não consigo me definir pelo que já vivi. Gosto de viajar e descobri que esse é o meu jeito de aprender. Busco desaprender para aprender e deixo a história me ensinar.

Aprendo a lidar com as incoerências externas e com as minhas incoerências internas. Tenho milhares de formas de ser e de existir.

Back To Top